Top Post

20 . Abr . 2017

Sindicalista acusa aliados de Cássio de planejarem entregar a Cagepa para a Odebrecht

Em: POLÍTICA
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraiba (Stiup), Wilton Maia, acusou nesta quinta-feira (20) aliados do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de planejarem a municipalização da Cagepa em Campina Grande para vender, assim como o tucano foi acusado, em troca de R$ 800 mil para a campanha de 2014, segundo as delações de executivos da Odebrecht divulgadas na última semana.
 
Wilton lembra que tanto o prefeito de Campina quanto os vereadores de sua base têm inventado declarações à imprensa sobre o assunto. “A municipalização é uma questão política. É uma disputa do PSDB com o Governo. Porque não tem o que reclamar. Inventam factoídes. Nenhum comércio deixou de abrir em Campina Grande por falta de água. Todos os serviços foram feitos e garantidos pela Cagepa”, disse.
 
O sindicalista ressalta ainda que a Prefeitura de Campina Grande quer a concessão de volta para entrar nesse projeto de privatizaão. “Ela não quer simplesmente municipalizar para abrir uma empresa pública. Ela quer municipalizar para vender”, resumiu.
 
Mesmo antes da divulgação dos vídeos das delações contra Cássio, o vereador João Dantas apresentou um requerimento no dia 22 de fevereiro, ressaltando a importância de encerrar a concessão de água da Companhia com a cidade, para que a Prefeitura pudesse “cuidar” do assunto.
 
Com paraíbaja
 
Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.