Top Post

23 . Abr . 2017

Reforma da Previdência têm que passar por caça aos inadimplentes, isenções e proteção ao trabalhador Rural, afirma Efraim Filho

Em: POLÍTICA
Reforma da Previdência têm que passar por caça aos inadimplentes, isenções e proteção ao trabalhador Rural, afirma Efraim Filho

Reforma da Previdência têm que passar por caça aos inadimplentes, isenções e proteção ao trabalhador Rural, afirma Efraim Filho

O deputado federal paraibano e líder do Democratas na Câmara dos Deputados Efraim Filho, disse em entrevista que a reforma da previdência é necessária mas é preciso fazer um amplo debate e que seja promovida uma verdadeira caça aos inadimplentes e um seja passado um pente fino nas isenções previdenciárias concedidas.
 
“Para Efraim, essa medida permitirá que se conheça com precisão o real tamanho do rombo na área. Não podemos pensar numa reforma que sacrifique o trabalhador, mas que haja benevolência com devedores, que seja passada um verdadeiro pente fino em isenções concedidas, porque foi feito muita bondade com o chapéu alheio", disse o deputado.
 
"Tudo isso causa um desequilíbrio na Previdência." O governo prevê que o déficit do setor projetado para 2017 será de R$ 180 bilhões, enquanto entidades sindicais contestam os números oficiais e dizem que o sistema é superavitário.
 Efraim Filho disse que é preciso fechar, com critérios objetivos, qual é a conta certa. "O ponto de partida é constituir um juízo de valor mais preciso sobre o tamanho do déficit e observar do que ele é constituído", Concluiu. 
 
23 . Abr . 2017

“Discutir nomes, ao invés de projeto, só enfraquece a política”, diz Anísio Maia

Em: POLÍTICA
“Discutir nomes, ao invés de projeto, só enfraquece a política”, diz Anísio Maia

“Discutir nomes, ao invés de projeto, só enfraquece a política”, diz Anísio Maia

O deputado estadual Anísio Maia (PT) comentou ontem, domingo, 23, a reedição da chamada Coalizão pela Reforma Política, que aconteceu em Brasília no último dia 17 e reuniu mais de cem entidades civis, a exemplo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral.
 
“Sabemos da necessidade urgente de uma reforma política, mas não podemos imaginar que os políticos eleitos pelas atuais regras irão produzir as mudanças que desejamos. É preciso mobilização e pressão da sociedade, por isto, a Coalizão pela Reforma Política é um fato muito importante. O ideal seria uma assembléia constituinte eleita exclusivamente para debater as mudanças no nosso sistema político e partidário”, defendeu.
 
O parlamentar acrescentou que, sem mudanças na atual forma de fazer política, a falta de legitimidade pode levar a resultados que enfraquecem a democracia: “A política deve ser preservada como instrumento das mudanças que almejamos na sociedade. Deveríamos discutir projetos e propostas para melhorar a vida das pessoas. Sem isto, a política perde sentido e ideias antidemocráticas apresentam-se como alternativa”. 
 
“Aqui na Paraíba, infelizmente, já se debate as eleições de 2018 de modo fulanizado. Discutir nomes, ao invés de projeto, só enfraquece a política e revela um deserto de ideias e substituição do programa de governo por peças de marketing político. É só a ocupação de espaços como um fim em si mesmo. Devemos saber o que cada candidato, partido ou coligação defende para melhorar as condições de vida de nosso povo”, concluiu Anísio Maia.
 
23 . Abr . 2017

Deputado André Amaral defende candidatura própria do PMDB e lembra o nome de Veneziano para cabeça de chapa

Em: POLÍTICA
Deputado André Amaral defende candidatura própria do PMDB e lembra o nome de Veneziano para cabeça de chapa

Deputado André Amaral defende candidatura própria do PMDB e lembra o nome de Veneziano para cabeça de chapa

O deputado federal André Amaral (PMDB) considera um processo natural a reação dos partidos da oposição em decidir por candidatura própria em 2018, mesmo diante de um “pacto” de manutenção da aliança formada em 2016 nas eleições municipais. Ele defendeu o nome de Veneziaano Vital do Rêgo como uma das opções do partido para cabeça de chapa.
 
Leia também: Após Lava Jato, peemedebista sugere renovação no Congresso e defende votação de reformas
 
Para o parlamentar, os partidos têm colocado seu time em campo para mostrar quem é o melhor jogador. “Até para uma possível composição, é natural que o melhor candidato tenha condições de aparecer e seja escolhido dentro dos partidos. É um processo natural dentro da política”, avaliou.
 
A definição sobre este quadro, segundo André, só deverá ocorrer mesmo em 2018. “Mesmo os partidos colocando candidatura própria, o compromisso da política este ano tem que ser com o trabalho e com a capacidade de mostrar o melhor serviço a sociedade”, disse. Embora seja um entusiasta da manutenção da aliança, Amaral defende que o PMDB seja realmente protagonista em 2018.
 
“O PMDB é o partido com a maior capilaridade política do Estado, que tem o maior plantel político. Maranhão, pela situção natural da sua história pública, é o principal protagonista em ser candidato, mas nós temos diversos nomes, se por alguma razão ele decidir que não será ou não houver interesse da parte dele”, defendeu. “Os deputados Veneziano Vital do Rêgo (federal) e Raniery Paulino (estadual) seriam algumas das opções do partido”, completou.
23 . Abr . 2017

CMJP facilita acesso de jornalistas para cobertura dos eventos na Casa Iniciativa levou vereadores a elogiar atuação da atual Mesa Diretora

Em: POLÍTICA
CMJP facilita acesso de jornalistas para cobertura dos eventos na Casa Iniciativa levou vereadores a elogiar atuação da atual Mesa Diretora

CMJP facilita acesso de jornalistas para cobertura dos eventos na Casa Iniciativa levou vereadores a elogiar atuação da atual Mesa Diretora

 
A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), disciplinou, através de Ato da Mesa Diretora, o credenciamento de jornalistas e radialistas, com o objetivo de facilitar a cobertura dos eventos da Casa. Serão fornecidas identificações para profissionais de cada jornal diário, emissora de rádio e de televisão, agências de notícia e sites jornalísticos.
 
O assunto levou os vereadores, presentes na sessão, a se manifestarem positivamente sobre a iniciativa, bem como a condução da atual Mesa Diretora, empossada em janeiro. O líder da oposição na CMJP, Bruno Farias (PPS), destacou que a regulamentação traz mais um avanço para Casa, permitindo mais transparência e o estreitamente entre a população e Legislativo da Capital.
 
Já a liderança do governo na Casa, vereador Helton Renê (PCdoB), falou que a resolução vai trazer mais agilidade para os profissionais de mídia trabalharem em todos os eventos da Casa. A Vereadora Sandra Marrocos (PSB) destacou que ao organizar a atividade dos jornalistas na CMJP permite que seja ampliada a voz da cidade.
 
Credencial deve ser solicitada à Secretaria de Comunicação
 
A solicitação será formulada pelo responsável legal da empresa ou sucursal interessada, que deverá encaminhá-la à Secretaria de Comunicação da CMJP, encarregada de informar o acatamento, ou não, da solicitação. O profissional a ser credenciado deverá apresentar a respectiva carteira profissional, devidamente atualizada.
 
Secom CMJP
 
22 . Abr . 2017

Presidente nacional do PHS diz que mudança de comando na Paraíba é “irreversível”

Em: POLÍTICA
Presidente nacional do PHS diz que mudança de comando na Paraíba é “irreversível”

Presidente nacional do PHS diz que mudança de comando na Paraíba é “irreversível”

O empresário e líder político Benjamim Paiva Júnior assumiu na noite desta sexta-feira (21) a presidência do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) na Paraíba. A posse ocorreu em um restaurante na orla de João Pessoa com presenças do presidente nacional da legenda, Eduardo Machado; do deputado federal Pastor Eurico (PE) e do ex-deputado paraibano Major Fábio.
 
O novo dirigente disse que assumiu o comando do PHS com foco no fortalecimento da legenda para as eleições de 2018, visando ampliar o número de filiados e instalar diretórios municipais em, no mínimo, 50% dos municípios paraibanos e, em conjunto com os membros do partido, estudar os possíveis nomes que disputarão o Governo do Estado para, posteriormente, definir quem terá o apoio da sigla nas eleições do próximo ano.
 
O presidente nacional da legenda afirmou que a mudança de comando do PHS na Paraíba é “irreversível”, acrescentando que o novo dirigente estadual terá “carta branca” para definir a política de alianças, tanto na proporcional quanto na majoritária.
 
20 . Abr . 2017

Gervásio reaparece sorridente ao lado de RC, faz elogios a gestão estadual e deixa a oposição com "barbas de molho"

Em: POLÍTICA
Gervásio reaparece sorridente ao lado de RC, faz elogios a gestão estadual e deixa a oposição com

Gervásio reaparece sorridente ao lado de RC, faz elogios a gestão estadual e deixa a oposição com "barbas de molho"

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia Filho deixou muita gente frustrada ao reaparecer, sorridente, ao lado do Governador Ricardo Coutinho. Elogiado a gestão socialista, GM vistoriou e entregou obras ao lado de RC durante todo o dia de hoje.

O reaparecimento em público dos dois selpultou algumas teses que já vinha sendo plantadas pela oposição do governador Ricardo. De rompimento eleitoral a inimigos não declrados foram algumas das plantadas na mídia local.

Ontem, inclusive portais noticiaram que Gervásio poderia voltar a figurar entre os nomes de opções do PSB para a disputa ao Governo no ano que vem. Se é fato ou não, a verdade é que GM volta a circular a pleno vapor das entregas de obras e vistórias de outras ao lado do próprio Ricardo.

Agora é aguardar os próximos passos de GM e RC.

Pettronio Torres

20 . Abr . 2017

Projeto de Veneziano institui incentivos fiscais aos agricultores na produção de alimentos orgânicos e produtos sem lactose

Em: POLÍTICA
Projeto de Veneziano institui incentivos fiscais aos agricultores na produção de alimentos orgânicos e produtos sem lactose

Projeto de Veneziano institui incentivos fiscais aos agricultores na produção de alimentos orgânicos e produtos sem lactose

O Deputado Federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB) apresentou semana passada, na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº 7372/2017, que institui incentivos fiscais para os agricultores rurais que produzam alimentos orgânicos e produtos sem lactose.
 
O projeto visa melhorar a qualidade de vida da população, considerando que amplia a oferta destes tipos de produtos; ao mesmo tempo em que fortalece os agricultores familiares, pois desburocratiza os seus meios de produção.
 
Segundo Veneziano, o objetivo dessa medida também é reduzir os preços destes tipos de produto, ampliando a sua venda para um público maior, que tem interesse em consumir produtos naturais e sem agrotóxicos.
 
“Essa ampliação será possível a partir da desoneração de insumos necessários para produzir alimentos orgânicos e produtos sem lactose. Com isso, os preços cairão e haverá, naturalmente, um maior consumo”, destacou Veneziano.
 
 
 
20 . Abr . 2017

Buba Germano apresenta experiência do Pacto Social a gestores, em Brasília

Em: POLÍTICA
Buba Germano apresenta experiência do Pacto Social a gestores, em Brasília

Buba Germano apresenta experiência do Pacto Social a gestores, em Brasília

A experiência do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba será apresentada nesta terça-feira (25), pelo secretario do Desenvolvimento e da Articulação Municipal e deputado estadual, Buba Germano, durante o IV Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável, em Brasília.
 
O encontro, promovido pela Frente Nacional dos Municípios e pelo Sebrae, contará com a participação de governadores, prefeitos e gestores públicos de todo o país. Durante sua conferência, Buba Germano vai mostrar os principais resultados do Pacto pelo Desenvolvimento Social, criado em 2011 pelo governador Ricardo Coutinho e reconhecido nacionalmente como única política pública, implementada por um Estado, sem cobrar contrapartida financeira aos municípios. No programa a contrapartida é social. Quando são contemplados, os municípios comprometem se a melhorar os índices de desenvolvimento humano da localidade.
 
De acordo com Buba Germano, será uma oportunidade de mostrar os avanços conquistados pela Paraíba nos últimos anos, na
melhoria dos principais indicadores sociais, a exemplo da queda da mortalidade infantil, aumento da expectativa de vida, redução do analfabetismo e crescimento do PIB acima da média nacional. Ele destacou a queda da taxa de mortalidade infantil que já é a menor do Nordeste e a queda na taxa de analfabetismo, principalmente entre os menores de 15 anos.          
 
20 . Abr . 2017

Após pedir renúncia de Cássio, presidente de Sindicato quer revisão das contas do senador

Em: POLÍTICA
Após pedir renúncia de Cássio, presidente de Sindicato quer revisão das contas do senador

Após pedir renúncia de Cássio, presidente de Sindicato quer revisão das contas do senador

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraiba (Stiup),, Wilton Maia, revelou durante entrevista a uma emissora de rádio da Capital, que além de emitir uma nota exigindo a renúncia do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) do seu mandado, o sindicato vai também ingressar com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedindo a revisão da prestação de contas de campanha do senador tucano.
 
As iniciativas do Sindicato são por conta da divulgação da informação de que o tucano teria negociado a privatização da Cagepa com a Odebrecht Ambiental, em troca de uma “doação” de R$ 800 mil não contabilizada para campanha de 2014.
 
Segundo nota do Sindicato, “Os Trabalhadores da CAGEPA, sentem-se traídos e vítimas de uma atitude que entendem ilícita e irresponsável do Senador Cássio Cunha Lima, que assumiu o compromisso, com a Odebrecht, de privatizar a CAGEPA, entregando-a à Odebrecht que de forma pública, se constitui como uma das maiores corruptoras deste País”.
 
E justifica o pedido de renúncia: “O mandato de Senador da República pelo Estado da Paraíba, não deve ser exercido por quem utiliza o cargo para uso de caixa dois, e se beneficiar com valores ilícitos, frutos de corrupção. O mandato de Senador da República foi outorgado pelo povo, para que, em Brasília, possa defender os interesses maiores da sociedade”.
 
 Com paraibaja
20 . Abr . 2017

Sindicalista acusa aliados de Cássio de planejarem entregar a Cagepa para a Odebrecht

Em: POLÍTICA
Sindicalista acusa aliados de Cássio de planejarem entregar a Cagepa para a Odebrecht

Sindicalista acusa aliados de Cássio de planejarem entregar a Cagepa para a Odebrecht

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraiba (Stiup), Wilton Maia, acusou nesta quinta-feira (20) aliados do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de planejarem a municipalização da Cagepa em Campina Grande para vender, assim como o tucano foi acusado, em troca de R$ 800 mil para a campanha de 2014, segundo as delações de executivos da Odebrecht divulgadas na última semana.
 
Wilton lembra que tanto o prefeito de Campina quanto os vereadores de sua base têm inventado declarações à imprensa sobre o assunto. “A municipalização é uma questão política. É uma disputa do PSDB com o Governo. Porque não tem o que reclamar. Inventam factoídes. Nenhum comércio deixou de abrir em Campina Grande por falta de água. Todos os serviços foram feitos e garantidos pela Cagepa”, disse.
 
O sindicalista ressalta ainda que a Prefeitura de Campina Grande quer a concessão de volta para entrar nesse projeto de privatizaão. “Ela não quer simplesmente municipalizar para abrir uma empresa pública. Ela quer municipalizar para vender”, resumiu.
 
Mesmo antes da divulgação dos vídeos das delações contra Cássio, o vereador João Dantas apresentou um requerimento no dia 22 de fevereiro, ressaltando a importância de encerrar a concessão de água da Companhia com a cidade, para que a Prefeitura pudesse “cuidar” do assunto.
 
Com paraíbaja